A Puxada de Cavalos (coisa mais ridícula)

21 04 2010

Essa semana eu vi uma das coisas mais idiotas que eu poderia ver: A PUXADA.

Vergonha catarinense
vergonha para Santa Catarina

Alguém deve estar me perguntando: Mas que merda é essa?
sim é uma merda. É pegar um pobre cavalo e fazer ele puxar a maior quantidade de peso que ele conseguir, ou não.

Pense na mentalidade de ameba desse povo.
Mas esse ato de convardia não foi a notícia que eu vi na TV e sim que havia pessoas fazendo um protesto pacífico pedindo o fim da puxada (algo obvio de um povo cívilizado e moderno) e que foram espancados pelos organizadores da PUXADA.
Pense um povo tosco desce so poderia fazer isso mesmo. Pobre dos coitados que lutam pelo bem dos animais foram espancados, e o pior nenhuma pessoa foi preso, não aconteceu nada. Esse fato ocorreu em Pomerode – SC, bem no meu estado. Vergonha total.
Quem organizou a puxada digo-lhe: Por que não coloca a puta da sua mãe para puxar peso seu imbecil? eu teria gosto de dar varias chicotadas naquela vadia.
Outro ponto mais absurdo ainda é eles colocarem esses mal tratos com os animais como tradição. Sempre tem a desculpa da tradição. Se fosse tradição bater na sua mãe você faria? Tradição não é argumento para barbaridades.
Aos nossos herois que foram espancados violentamente. So digo: Não desistam. O mundo precisa de pessoas com coragem para mostrar as coisas erradas que acontecem.

Você aí que curte uma puxada. Vai para o inferno. Espero que toda a sua família tenha lepra! Desgraçados!

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: